Vida de Gado

janeiro 16, 2009

Fim de semana chegando. Praia, sol, mulheres, cerveja. O que melhor para fazer numa situação dessas do que sentar na frente da tv e assistir um belo leilão de boi gordo? Se existe algo mais estupendo do que isso, a TV ALTERNATIVA está por fora.

Todo mundo que tem TV a cabo já passou pelo canal do gado.  Eles cumprem o que prometem. É 24 horas de puro gado bovino da melhor qualidade. Zebu, Vaca Holandesa, Boi Bandido, coisa fina. Os compradores de gado devem adorar, mas para o público comum o preço é meio proibitivo.  Diz a lenda que um grupo de amigos bêbados viram o programa e encomendaram um boi pra fazer na brasa. Eles estão pagando os carnês até hoje. (Está valendo uma pokebola para quem advinhar quem foram estes garotões).

Finalizando, homem é homem, menino é menino,  político é político e baitola é baitola. O que isso tem a ver com os bois? Nada, mas citar o Falcão é um sonho antigo.

Não tem nada a ver com o leilão de gado, mas Falcão é idolo. Sempre.

Não tem nada a ver com o leilão de gado, mas Falcão é ídolo. Sempre.

LEILÃO DE GADO: TV gado, full time
Vacas: todas
Bois: alguns
Índice de tediosidade: 2 Stings de todos possíveis

Anúncios

Prince of Persia

dezembro 2, 2008

Falando em bom gosto, quem nunca sonhou em ter um tapete persa no piso de sua sala de chá. Tudo combinando com os candelabros e os quadros do Romero Britto. Como diriam os fashionistas: uó. E a melhor forma de adquirir estes e outros acepipes é o MEDALHÃO PERSA, o programa de vendas televisivas das mil e uma noites.

A atração segue o astral dos televendas, mas sem o swing do Ciro Botini. Closes nos produtos, locução em off e muitas colocações elogiosas. “Olha como é felpudo”, “Olha que trançado”, “Olha a densidade do material”. É…as linhas telefônicas devem ficar congestionadas. Mas como a venda de tapetes persa vem caindo drasticamente desde o último acústico do Engenheiros do Hawaii, a linha de produtos é bastante diversificada com jóias caras de mau gosto, relógios caros de mau gosto e obras de arte…bem, deu pra entender.

Como obviamente ninguém compra essas porcarias, o objetivo do programa parece óbvio.  A audiência televisiva nas madrugadas é composta basicamente por insônes e masturbadores crônicos e eu nunca vi ninguém se excitar com um tapete (se bem que a locutora falando felpudo pode despertara alguns sentimentos contraditórios). O negócio é relaxar com as imagens geométricas e dormir tranquilamente. Zzzz.

Vem aqui sentir o felpudo, vem, neném

Vem aqui sentir o felpudo, vem, neném

MEDALHÃO PERSA: Segunda a sexta, às 0h, no Canal Rural
Emoção: 1 murilo de 5 benícios possíveis
Ali Babá e: 40 ladrões
Tendência para mudar de canal: Tende ao infinito

Carpado ou Grupado?

dezembro 1, 2008

Existem os esportes. Existem os esportes chatos. E existe a Ginástica Olímpica. Pra começar, qualquer competição que seja definida por notas nunca deveria ser chamada de esporte. No máximo, poderia ser alçada a atração circense. Quando a competição se restringe a anões bombados e meninas sem seios, então.

Mas para dar um pouquinho mais de emoção às barras pra lá  de paralelas você pode assistir a Copa do Mundo de Ginástica no SporTV. O narrador é sempre a última opção do staff, ou seja, aquele que não é bom suficiente nem para o Mundial de Hipismo ou o Desafio ao Galo. Mas o destaque fica mesmo com a comentarista, provavelmente uma ex-ginasta. Sempre emocionada com o desempenho dos “atletas”, ela não perde tempo em explicar cada movimento. Duplo Twist, giro invertido, etc, etc. Para os leigos pode tudo ser resumido em três movimentos: Pirueta, Cambalhota e Calhambota.

As manhãs de sábado nunca foram tão animadas. Iúúúpi!

"Uhú! Jogamos nossa infância no lixo!"

"Uhú! Jogamos nossa infância no lixo!"

COPA DO MUNDO DE GINÁSTICA: Sábados pela manhã, no SporTV
Piruetas e Carambotas: 2.4 por minuto
Meninas espancadas por treinadores russos: 4
Comissão de frente das ginastas: Zero