Aqui nas terrinhas tupiniquins a azaração também correu solta. Top 10:


10.Karina Bacchi e Baixinho da Kaiser: Com a onda fake dominando o mundo, nada mais justo que um relacionamento forjado no top 10. O casal mais inverossímil desde os casamentos do Michael Jackson, a diva das novelas da 7 se atracou com bigodudo e parou na capa de todas as revistas de fofoca do país. Bom pra cerveja, mas melhor pro baixinho que catou uma gostosa E AINDA DEVE TER SIDO PAGO PRA ISSO.

9.Ronaldo e Daniela Cicarelli: Hoje em dia ninguém lembra que o Ronaldo foi casado com a Daniela Cicarelli. Pra falar a verdade poucas pessoas ainda lembram quem é a Daniela Cicarelli. Mas nos anos 2000 eles formaram por poucas semanas o casal mais quente do planeta. Desde então o sonho de toda menina passou a ser casar no Castelo Chantily.

8.Dado Dolabella e Luana Piovani: Nascidos um para o outro, por algum tempo esses dois formaram o casal mais simpático do mundo das celebridades. Muitas polêmicas e algumas rihanadas depois o casal se separou, mas continuam causando em separado. Finos.

7.Alemão e Siri: O Big Brother se tornou o símbolo do romance pós-moderno. Pergunte a qualquer um se seu último namoro não foi assim: 1.Conhecer-se em uma casa cheia de idiotas 2. Fuder embaixo do edredon 3.Sai da casa 4. Brigar 5. Ela posa pra playboy, ele sai com uma famosa 6. Ostracismo. Nada mais normal.

6.Thamy Gretchen e Julia Paes: Com o BBB e a Luciana Gimenez, fica cada vez mais difícil conseguir chocar no quesito APELAÇÃO. Mas sempre tem gente cantando. O que dizer quando uma FILHA DE EX-SUBCELEBRIDADE se finge de sapatona truckdriver style e faz um ensaio erótico com sua suposta namorada GOSTOSA? Bom trabalho, garotas.

5.Sandy e Família Lima: Boriiiiiiing! Alguém pelo menos sabe o nome do menino Lima?

4.Xandy e Carla Perez: Os embaixadores mundiais do bom gosto. Esse sensual (o movimento é sexy) par trouxe um pouco de Salvador pra nossos lares durante uma década inteira. Com filhinhos e muito amor mostraram que existe amor na PEGAÇÂO baiana.

3.Ana Maria Braga e Roberto Carlos (jogador): Parece uma piada feita, mas isso rolou durante a copa de 2006. Depois vem perguntar porque perdemos a COPA. O lateral esquerdo canarinho não estava arrumando a meia no gol do Henry. Só tinha enjoado um pouco lembrando da noite interior.

2.Casal Nardoni: Simplesmente, os pais da menina Isabella. Onipresentes na mídia durante um bom tempo, estes descolados muchachos mostraram com quantas cagadas se faz um crime perfeito. Pelo menos as crianças brasileiras pararam de aprontar um pouco, ameaçadas de serem jogadas pela janela.

1.Suzana Vieira e Marcello Silva: in memorian, assista o vídeo:

Menção Honrosa: Ronaldo e os Travecos: Não há trocadilhos suficientes pra descrever essa.

Anúncios

Com o advento da internet de banda larga, ficou muito mais fácil baixar terabytes de filmes pornográficos. O viagra, lançado em 98, ganhava popularidade. E as músicas da Ashley Simpson invadiam nosso corações. Ou, seja, na década de 2000, o amor estava no ar. Conheça as 10 histórias de amor que marcaram essa geração. Ah, como tudo que é bom, vide trilha sonora de novela,  as listas foram separadas em internacional e nacional. Segue o top gringo.


10.Zac Effron e Vanessa Hudges: O casal mais querido de dez entre dez pré-adolescentes. Sua sintonia dentro e fora da tela encantou o mundo inteiro. E as fotinhos da Vanessa pelada mostraram o verdadeiro swing do high school musical.

9.Ben Affleck e Jennifer Lopez: Uma gostosona latina e um galã de hollywood com cara de bunda. Os precursores dos casais de celebridades. Fogo e paixão. E tudo isso contado para nós pelo precioso clipe: “Jenny from the block”. Isso é anos 2000.

8.Chloe Sevigny e Vincent Gallo: Era uma vez uma menininha jeitosa que virou ídola cult. Essa garota conhece um espertalhão pseudo-cantor-ator-diretor-intelectual-vanguardista. Ele a convence a fazer um filme, onde ela paga um boquete de verdade. Eles nunca mais se falam. Se isto não for amor, o que será?

7.Paris Hilton e Rick Salomon: Mais uma noite de sexo ruim que foi parar na internet.

6.Pete Doherty e Kate Moss: Amar é…compartilhar a cocaína com a pessoa amada. Este simpático casal mostrou ao mundo todo que por mais que se ame, uma hora ou outra o relacionamento pode virar uma droga. Pena que quando Pete resolveu partir pra coisas mais pesadas a Kate pulou fora. De certo achou que crack engorda.

5.Madonna e Guy Ritchie: A supermegavagabunda do pop encontrou finalmente o amor ao lado do superestimado diretor inglês. Mas se a relação era tão boa quanto ao filme Castway nunca saberemos.

4.Britney Spears e Kevin Federline: Ela era linda, tinha fama e dinheiro. Ele era um malaco, dançarino de terceira e com uma compulsão por pular a cerca. A dama e o vagabundo do pop. E a tadinha ainda emprenhou, o golpe da barriga as avessas. Pobre Britney.

3.Amy Winehouse e Blake: Outro romance conturbado para nossa lista. Sexo, drogas e um topete fumegante.

2.Beckham e Victoria Adams: Alguém já reparou na vozinha de castrati do Beckham? Será que eles fazem lindos duetos na vizinhança? E com o retorno das spice, será que Bechkam poderia ser a quinta menina? Quantas dúvidas.

1.Tom Cruise e Katie Holmes: Se tem alguém que não deve ser nada divertido jantar junto deve ser este casal. Parece que a qualquer momento vão tentar te vender Amway, ou pior, convidar pra entrar pra cientologia. Tadinha da Suri, tão bonitinha, mas pelos genes que herdou com certeza deve ter algum retardo mental.

Olha o que o amor faz com as pessoas

Olha o que o amor faz com as pessoas

2000´s – Pop

março 14, 2009

Nos anos 90, o pop estava acuado. O grunge, a música eletrônica e o seinfeld passaram o rodo. Até a musa gls madonna teve q fazer filminho porno softcore pra sobreviver. Mas eis que, nos anos 2000 o Pop renasce em forma de ritmo e poesia. Aqui o top 10  de uma década em que o pop virou rap e o rap virou música de mulherzinha.

10.Eminem: Na virada da década um garoto branco mudou o rap de uma forma que nem Vanilla Ice imaginaria. Piadinhas, um corte de cabelo de mau-gosto e polêmicas mil. Mas nem tudo que ele trouxe de novidade foi bom, graças a Eminem o mundo todo teve que ouvir o disco da DIDO.

9.Gorillaz: Uma banda formada por desenhos animados. Ó, a pós-modernidade. Mais uma pra conta do muderno Damon Albarn. Um sonzinho escroto, mas pelo  menos isso acabou o Blur.

8.Christina Aguilera: No boom das cantoras teen uma se destacava. A primeira a fazer o estilo neo-biscate, e disparada a com os piores figurinos. Uma gênia na garrafa. Hoje virou garota de programa e atende na saída das festas do Grammy Latino.

7.Justin Timberlake: Os anos 2000 foram realmente uma época louca. De repente, era cool gostar de um ex-integrante de boyband. Justin conseguiu o que o Robbie Willians sempre tentou e cheirando bem menos cocaína que seu gêmeo britânico. E catou a Britney no auge. Palmas pro garoto.

6.Destinys Child: Ah, a beleza negra. 4 tchuchucas de primeira gemendo feito gatas no cio. Se isso não fizer sucesso, o mundo não é um lugar bom pra viver. Pena que só a Beyonce sobreviveu ao hype. A música? Quem lembra?

5.Nelly/Usher/Ne-yo/Chris Brown: Os quatro cavaleiros do apocalipse do rap de viado. Reciclando roupas e trejeitos de bandas como Katinguelê e Exaltasamba, eles deram pro rap um nome ruim. Mas colocaram os bigodes e as dancinhas de novo na parada. Estão quites com papai do céu.

4.Black Eyed Peas: Na ondinha do rap, os geniais executivos das gravadoras cataram um bandinha com uma certa fama no underground e inseriram uma gostosa (leia-se vagabunda ex-viciada). O resultado foi a banda de maior sucesso e mais chata de muitos anos. Consta que é a preferida do Luciano Huck.

3.Sean Kingston: Alçado a fama pelo TOP TVZ do Multishow, esse simpático gordinho teve apenas um hit. Fez show em todos os cantos do Brasilzão e deve estar até hoje trancafiado em um McDonalds comendo os lucros.

2.Pink: A resposta REVOLTADA às cantoras teens. Resumindo: a mesma música de merda, mas com mais piercings e tatuagens. Ui, que medo.

1.Bahamen: Duas palavras: WHO LETS THE DOGS OUT

Bonus track: T.A.T.U.: Adolescentes lésbicas. Até que enfim uma boa idéia saída da cabeça das grandes gravadoras.

2000´s – Rock

março 13, 2009

Na virada dos anos 2000 o rock mundial nunca esteve tão efervescente. Uma leva de novas bandas trazia de novo o protesto, a sensualidade e os bonés de rap.  A moçadinha muito loka curtia a valer esses novos ídolos. Nosso top 10 dos anos 2000

10. LIMP BIZKIT: Realmente A banda, quando se fala de misturar rap, rock e deficiência mental. Com letras ininteligíveis e um vocalista que inspirou grandes nomes como Chorão, Limp Bizkit marcou os anos 2000. Ah, pra quem não se lembra, tem um clipe NOJENTO onde Fred Durst cata a Hale Berry.

9. LINKIN PARK: Era uma versão mais “séria” do Limp Bizkit. Como se misturar rap e rock e ter um japones como vocalista exigisse seriedade. Bem era o mesmo lixo com um pouco menos de palavrões.

8. THE CALLING: O famoso rockzinho de menina. O loirinho Alex Band e sua trupe recheavam as trilhas de novela com seu som APAIXONANTE. Um jonas brothers do bem.

7. CREED: Lançada ao e strelato por seu front leader ter a voz parecida com a do Eddie Vedder, a banda logo mostrou que podia alçar voos mais altos. Sempre queixudo e com o peito desnudo Scott Strap mostrou o que alguns versos de auto ajuda e um jeitinho de imbecil podem fazer. With arms wiiiiiiiiiide open.

6. KID ROCK: Um caipira de cabelos compridos, feio que é um diabo. O som? Claro, rap+rock. O destaque era um anão (ou uma criança) que ficava dançando na sua banda.

5. SIMPLE PLAN: Letras falando de amor, integrantes canadenses, uma ponte entre o pop e o emo. Simple Plan foi tudo isso e muito mais. Conquistando os corações e mentes da piazada, a banda fez até shows no Brasil e devem ter aparecido no fantástico.

4. EVANESCENCE: Apostando num visualzinho dark e investindo na garotadinha deprê, o Evanescence prosperou nos anoos 2000. Escrotidões a parte, se a Amy Lee botasse uma roupinha decente até que dava um caldo.

3. MATCHBOX TWETNY: Seu ponto alto foi uma parceria com o redivivo Santana em um clipe pra lá de sensual. Parabéns, garotos, vocês chegaram lá.

2. NICKELBACK: Campeã das trilhas sonoras de novela, Nickelback inaugurou um novo nível em ruindade musical. Um Nenhum de Nós americano praticamente. E que vocalista feio. PQP.

1. CRAZY TOWN: Nada a declarar, assistam o clipe: